Histórias do Sertão

Conheci um caba macho arretado,

Que limpava as unhas com faca,

O cara mais valente do cerrado

Botava pra correr os frouxo babaca,

Comia rapadura com farinha

E tomava leite no peito da vaca.

 

Seu nome era Zé desdentado,

Porque um dente na boca não tinha,

Era o primeiro filho bastardo

Do casamento de D. Terezinha,

Era um sujeito todo escrachado,

Que apaixonou-se pela bela Florzinha.

 

A garota mais linda do sertão

Seu andar era uma formosura.

Sua boca parecia um botão.

Por onde passava com sua ternura

Deixava os caba ajoelhados no chão,

Abestalhados com sua belezura.

 

Quando Zé desdentado chegava

Num tinha um sujeito em questão

Que encarasse o seu bigode piaçava

E na cintura aquele seu três oitão

Na cidade ninguém mais piava,

A não ser o cabloco João.

 

João era o noivo da bela Florzinha

Amigo de infância do Zé valentão

Agora inimigos mortais de carteirinha

Seus encontros eram uma baita confusão

Terminavam brigando em frente a pracinha

Para conquistar a garota do seu coração.

 

Num dia da festa do cangaço

O Zé estava todo emperiquitado,

Colocou sua dentadura de aço

E o paletó branco todo abotoado.

O chapéu em baixo do braço,

E foi pro arraiá bastante animado.

 

O João chegou com a Florzinha

Esbanjando toda a sua boniteza

Dançaram pela festa todinha,

Até que o Zé com a sua brabeza,

Instigou o João para uma briguinha,

Duvidando da sua braveza.

 

 Era poeira subindo por todo lado

Os dois esparramados no chão

Era soco e chute, vixe maria de fato

Quando Zé pegou a arma na mão

Todo mundo ficou muito assustado

Inclusive o destemido João.

O silêncio tomou conta do cerrado

Os passarinho não cantavam canção

O Zé apontou a arma admirado

Parecia não acreditar na visão

Viu a Flor saindo com um advogado

E foi defender a honra do amigo João.

 

_____________________________

Meu primeiro cordel, inspirado nas obras de Jessié Quirino

Vandia Alves

cordel, vandia alves

sábado 29 novembro 2008 23:50 , em Meus Cordéis



Nenhum comentário Histórias do Sertão



Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.87.70.14) para se identificar     



Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para vandiaalves

Precisa estar conectado para adicionar vandiaalves para os seus amigos

 
Criar um blog